“Caroline, or Change” volta à Broadway depois de 15 anos

A Roundabout Theatre Company acaba de anunciar uma nova produção de ”Caroline, or Change” na Broadway. O musical de Tony Kushner (Angels in America) e Jeanine Tesori (Fun Home) foi indicado ao Tony de Melhor Musical e venceu o Olivier Award na mesma categoria em sua produção original. Agora ele retorna aos palcos nova iorquinos estrelado pela vencedora do Olivier Award em 2019, Sharon D. Clarke, reprisando seu papel como Caroline da aclamada produção que esteve recentemente em West End (Londres).

”Caroline, or Change” começará as apresentações em 13 de março de 2020 e abrirá oficialmente em 7 de abril de 2020 no Studio 54 na Broadway com direção de Michael Longhurst e coreografia de Ann Yee.

A trama segue Caroline, uma empregada afro-americana cujo mundo de 1963 ondula com mudanças grandes e pequenas. Explodindo com canções transformativas e muita imaginação, ”Caroline, or Change” explora como, em tempos de grande transformação, mesmo os atos mais simples podem mover montanhas. Se não conhece, veja a incrível performance de Sharon cantando ”Lot’s Wife” no Olivier Awards desse ano no link abaixo:

.

”Diana”, musical sobre a Princesa de Gales, chega à Broadway em 2020

O musical original baseado na incrível história da vida real de um ícone, ”Diana”, começará suas performances na Broadway na primavera de 2020, anunciaram os produtores hoje. As apresentações começarão na segunda-feira, 2 de março de 2020, no Longacre Theatre (Teatro do ”The Prom”), com uma noite de estréia marcada para terça-feira, 31 de março de 2020.

O diretor vencedor do Tony Award®, Christopher Ashley (Come From Away) e os compositores/libretistas Joe DiPietro e David Bryan (premiados em Melhor Musical no Tony Award por ”Memphis”) nos colocam frente a frente com uma das figuras mais atraentes do século XX, apresentando uma trilha épica e contemporânea, com supervisão musical e arranjos de Ian Eisendrath (vencedor do Olivier Award®), coreografia de Kelly Devine (vencedora do prêmio Olivier e indicada ao Tony Award), e o estilo icônico de Diana reimaginado por William Ivey Long (vencedor de seis Tony Awards). Diana teve sua estréia mundial no La Jolla Playhouse no início deste ano e foi um sucesso instantâneo.

Jeanna de Waal, aclamada por sua atuação no papel-título na estréia mundial, vai liderar o elenco na Broadway. Ela será acompanhada por Roe Hartrampfas (Príncipe Charles), Erin Davie (Camilla Parker Bowles) e Judy Kaye (ganhadora de dois Tony Awards por ”O Fantasma da Ópera’‘ e ‘‘Nice Work If You Can Get It”) como “Rainha Elizabeth”.

Esta é a história da mulher mais famosa da era moderna: Diana, Princesa de Gales. Impulsionada pelos holofotes, mais do que qualquer outra que o mundo já conheceu, Diana logo se vê em desacordo com o marido, uma mídia inflexível e a própria monarquia. Liderando ferozmente com seu coração, a princesa Diana defende sua família, seu país e ela mesma, enquanto consegue capturar os corações do mundo. Ela desafiou as expectativas, abalou a realeza e criou um legado que durará para sempre.

A equipe criativa completa inclui design cênico de David Zinn (ganhador do Tony Award), design de iluminação de Natasha Katz (vencedora do Tony Award), design de som de Gareth Owen (indicado ao Tony) e orquestrações de John Clancy (indicado ao Tony Award).

Previsões para o Tony Awards 2019

Daqui algumas horas teremos as indicações ao 73º Tony Awards em mãos, se você não sabe o que é o Tony, aqui vai uma síntese básica: é o Oscar do teatro americano. Nele competem as peças e musicais que estreiam na Broadway em um determinado ciclo. Essa atual temporada começou no final de julho de 2018 com a abertura de ‘’Head Over Heels’’ e terminou com ‘’Beetlejuice’’, aberto alguns dias atrás. Ao longo desse tempo foram 11 musicais originais e dois revivals que estrearam na Broadway e irão competir pelas indicações que podem gerar um grande retorno para seus shows e estrelas.

Continuar lendo