Nova produção brasileira de “Chicago” procura seu elenco

A nova produção da IMM e da EGG Entretenimento procura seu elenco. Prevista para o segundo semestre de 2020, a remontagem brasileira de “Chicago” ficará em cartaz no Teatro Santander, em São Paulo. Conheça os perfis procurados e saiba como participar das audições.

Para a protagonista Roxie Hart a produção busca uma atriz entre 25 e 45 anos. A atriz deve ser capaz de representar um perfil inocente mas com capacidade para matar, além de ser sexy e engraçada. Para o perfil, ainda é necessário conhecimento de dança no estilo Fosse e belting potente.

Já para Velma Kelly, a produção busca sua cover, uma vez que a personagem será interpretada pela atriz Emanuelle Araújo (protagonista da série “Samantha”, da Netflix). Também entre os 25 e 45 anos, a personagem é descrita como uma assassina sarcástica, além de extremamente sexy, dura e engraçada, com grande interesse em publicidade. Assim como Roxie, a atriz também deve possuir conhecimento no estilo Fosse e ter belting potente.

Para Billy Flynn, a produção busca um ator entre 38 e 60 anos, capaz de representar um advogado educado e gentil, capaz de convencer alguém a fazer qualquer coisa. Charmoso e masculino, os concorrentes devem ter uma “maravilhosa voz de barítono” e boa movimentação. Apesar de não haver nenhum nome anunciado para o papel, a produção procura apenas o cover do personagem.

Já para o marido de Roxie, Amos, é procurado um ator de personagem cômico-triste, que deve cantar bem e ser fisicamente apto. O ator, que deve ter entre 38 e 58 anos, deve representar um papel charmoso, engraçado, vulnerável e tímido, capaz de vender qualquer coisa para pagar pelas extravagâncias de sua melhor, de tão apaixonado.

Para Mary Sunshine, é buscado um ator sem idade definida, sopranista ou contratenor, capaz de cantar legitimamente até um Si Bemol agudo. Será responsável por interpretar uma mulher que “age como uma apresentadora de talk show de boa índole, mas na verdade é uma colunista de fofocas poderosa”. Além de bom comediante, o ator deve ser também um grande cantor legit.

Já para a Matron “Mama” Morton, é buscada uma atriz com personalidade, além de sexy, engraçada e poderosa. São buscadas atrizes entre 37 e 55 anos para o papel, com ótimo belting.

Por fim, buscam-se atores e atrizes para o ensemble. Devem ser “sexy, fortes e atléticos, com técnica no estilo fosse”, além de contar com boas vozes e habilidades de atuação. Não há limites de idade especificados pela produção.

Não há etnia específica para nenhum dos papéis procurados.

Os interessados podem se inscrever através do email audicaochicago@eventosimmbr.com até o dia 1º de dezembro de 2019. O e-mail de inscrição deve conter currículo, foto de rosto e corpo, link de vídeo cantando e dançando e a ficha de inscrição, disponível neste link.

Em cartaz na Broadway desde 1996, “Chicago” é o segundo musical em cartaz há mais tempo na Broadway, atrás apenas de “O Fantasma da Ópera”. Com música de John Kander, letras de Fredd Ebb, que escreveu o roteiro ao lado de Bob Fosse (que dirigiu e coreografou a produção original, que estreou em 1975), o musical conta a história de um famoso assassinato cometido por Roxie Hart.

Em dezembro de 2002, o musical ganhou uma adaptação cinematográfica estrelada por Renée Zellweger, Catherine Zeta-Jones e Richard Gere. Aclamado criticamente, o filme foi indicado a 13 Oscars. O filme foi o vencedor em seis categorias, incluindo Melhor Filme e Melhor Atriz Coadjuvante para Catherine Zeta-Jones.

No Brasil, “Chicago” foi a terceira produção produzida no Teatro Renault. Com temporada entre abril e dezembro de 2004, o musical contou com Danielle Winits no papel de Velma Kelly, Adriana Garambone como Roxie Hart, Daniel Boaventura como Billy Flynn e Jonathas Joba como Amos Hart.

Além da Broadway, o musical também está em cartaz na Cidade do México, com os atores Leo Wagner e Rodrigo Negrini no elenco. A produção mexicana conta também com a direção da brasileira Tânia Nardini, que foi diretora residente da primeira montagem brasileira e se tornou diretora associada do espetáculo, sendo responsável por montagens na Coreia, Japão, Rússia, Alemanha, Inglaterra, França e Austrália.

“Chicago” é a quinta produção da IMM e da EGG Entretenimento. Juntas, as empresas já trouxeram ao país uma nova montagem de “My Fair Lady”, além das primeiras produções brasileiras de “Cantando na Chuva”, “A Pequena Sereia” e “Sunset Boulevard”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s