Como entrar pro elenco de um musical?

Desvendamos alguns dos mistérios desse meio e listamos duas dicas pra quem tem o sonho de se tornar um ator ou atriz de musicais.

“Como eu faço pra entrar no elenco de um musical?”. Essa é, de longe, a pergunta que a gente mais recebe aqui no Mundo dos Musicais. Muitas pessoas nos procuram porque tem um sonho de atuar em espetáculos de teatro musical e não sabem por onde começar.

A resposta é que não existe uma fórmula mágica. Cada produtora de musicais tem uma forma diferente de selecionar seus atores; cada artista começa sua carreira de diferentes maneiras. Mas existem algumas coisas que são comuns pra todos e é sobre elas que a gente vai falar. Aqui vão duas dicas essenciais:

Dica 1: Aprimore seu talento

Se você quer ser ator ou atriz de musical significa que você gosta muito de atuar, cantar e dançar, e provavelmente você deve ser muito bom em pelo menos uma dessas áreas. Ter talento é muito importante sim, mas não é tudo. Todo artista de musicais precisa estudar pra aprimorar seu talento. Mesmo os mais experientes, que já tem anos e anos de carreira, continuam estudando. Isso porque a arte sempre está em renovação. Seja para não enferrujar ou para aprender coisas novas.

Durante esse momento delicado da história em que estamos vivendo, com uma pandemia que fechou teatros e cancelou audições, usar esse período para aperfeiçoar suas técnicas é a mais sábia decisão para quem quer voltar com tudo em cima!

Mas o que estudar?

Antigamente, pra fazer um musical, os produtores levavam em conta apenas a voz. Bastava ser um excelente cantor e você já seria contratado. Mas hoje a coisa é diferente. O teatro musical é formado por 3 pilares básicos: interpretação, canto e dança. Quem quer fazer musicais precisa ter conhecimentos avançados nessas três áreas.

Mesmo hoje em dia, alguns artistas defendem que a interpretação é mais importante, enquanto que o canto e a dança podem não ser tão excelentes. Outros acreditam que o canto é essencial, já a interpretação e a dança podem ficar em segundo plano. Há ainda aqueles artistas que começam seus estudos pela dança e só mais tarde se aprofundam no canto e na interpretação. Não existe um consenso sobre isso, mas uma coisa é certa: os três pilares estão presentes nos musicais e aquele que for bom nos três terá mais vantagens e conseguirá melhores papéis.

Quer um exemplo?

Cláudia Raia, uma das maiores estrelas do teatro musical brasileiro, começou sua carreira artística ainda na infância, como bailarina. Mais tarde ela ganhou destaque como atriz e hoje acumula diversos papéis de destaque (não só em musicais, mas também na TV e cinema). Além disso, Claudia também canta muitíssimo bem, como a gente pode nesse vídeo do musical “Raia 30”:

Cláudia Raia canta “Estou Aqui”em “Raia 30”. Imagens: Cena Musical

Outro exemplo é Daniel Boaventura. Muitas pessoas o conhecem pela sua carreira como ator, principalmente em trabalhos na TV. Mas Daniel começou sua carreira como cantor. Ele formou uma banda com alguns amigos e assim surgiu a oportunidade de entrar para o elenco do seu primeiro musical. Hoje Daniel Boaventura tem 4 CDs e 2 DVDs, além de acumular um currículo com diversos personagens importantes na TV (e também nos musicais).

Daniel Boaventura no musical “Família Addams”. Imagens: Estadão

Esses exemplos servem pra você ver que não importa qual é o seu ponto forte agora. O mais importante é você ter em mente que vai precisar estudar sempre, seja para aperfeiçoar o talento que você já tem, seja para se aprimorar naquilo que você não é tão bom.

Resumindo: ESTUDE. Faça aulas de canto, de dança e de interpretação para teatro. Você pode aproveitar este período de distanciamento social para fazer cursos online. E quando tudo voltar ao normal, pode também procurar aulas presenciais, que vão te ajudar ainda mais a se preparar para este mercado.

Dica 2: Se prepare para as audições

Ok, você já estudou muito e está craque em interpretação, canto e dança. Agora vem a parte mais importante: entrar para o elenco de um musical.

Quando uma produtora de musicais decide montar algum espetáculo, ela faz testes com vários artistas, até encontrar aqueles que melhor se encaixam no perfil de um personagem. Esses testes são chamados de audições.

As audições tem várias etapas, onde são avaliadas as habilidades de canto, dança e interpretação, além de outras características dos candidatos. Essas fases podem acontecer de várias formas diferentes, dependendo da necessidade da produção. Em geral, os candidatos preparam uma apresentação curta e performam para uma banca, formada pelos criativos do espetáculo (diretor geral, diretor musical, maestro, coreógrafo etc). Se a banca gostar do que viu, chamam o candidato para uma segunda fase (tipo como acontece nos reality show de calouros que a gente vê na TV). E assim vai indo, até que finalmente eles decidem entre os finalistas quem é a melhor opção para cada papel e os contratam para integrar o elenco do espetáculo.

Mas assim como acontece na TV, nas audições dos musicais os artistas nem sempre conseguem demostrar tudo aquilo que são capazes. Isto pode acontecer por diversos fatores como nervosismo e falta de experiência com esse tipo de avaliação. Por isso surgiram cursos focados em ensinar técnicas e estratégias para passar em adições.

Hoje no mercado existem vários cursos desse tipo. Um deles é o Enfrentando Uma Audição (link afiliado). Este curso existe há 2 anos em São Paulo e já preparou vários artistas iniciantes para as adições de musicais. Neste período de pandemia, o curso passou a ser online. Assim os interessados podem continuar seus estudos para as audições que vão acontecer quando este período de distanciamento social acabar. É uma ótima oportunidade também para quem não mora em São Paulo e tem dificuldades de encontrar aulas desse tipo na sua cidade.

Mas não basta só se inscrever em qualquer curso que aparecer na sua frente. É importante saber quem são os professores e se eles realmente tem experiência na área. Uma rápida busca no Google já pode te ajudar a decidir qual a melhor opção para você, baseado no currículo dos profissionais.

Por exemplo, no curso que nós indicamos, o Enfrentando Uma Audição (link afiliado), as aulas são ministradas pela Giulia Nadruz (que foi protagonista nos musicais “O Fantasma da Ópera”, “Ghost”, entre outros), Igor Miranda (que integrou o elenco de grandes musicais como “Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz”), Vanessa Costa (que além de atuar em vários musicais, como “Billy Elliot”, também já esteve do outro lado da banca, como diretora residente e assistente de coreografia) e Rodolfo Schwenger (pianista e regente, que já atuou em diversos musicais, incluindo “O Palhaço e a Bailarina”, onde também foi assistente de direção musical). Por estarem dos dois lados (tanto como artistas audicionando quanto como banca avaliadora), estes profissionais vão ser capazes de ensinar estratégias valiosas!

Mas como eu faço para participar de uma audição?

Existem duas formas. A primeira é ficar ligado nas redes sociais e sites que falam sobre musicais (como a gente aqui, do Mundo dos Musicais) e também das principais produtoras de musicais, como a T4F Musicais, Atelier de Cultura, EGG e IMM Entretenimento , Aventura Entretenimento, entre outras. Sempre que acontecem audições abertas é nestes lugares que elas serão divulgadas. Aí basta se inscrever, enviar seu material e torcer para ser chamado.

A outra forma de participar de uma audição é ser convidado. Os artistas que já estão inseridos no meio há mais tempo muitas vezes são indicados para participar de audições fechadas. Quem faz essa pré seleção dos candidatos são os produtores de elenco.

Além disso, é essencial criar uma rede de contatos (networking). Dessa forma você consegue mostrar o seu trabalho para as pessoas do meio que ainda não te conhecem. Essa rede de contatos pode começar com os seus próprios professores de canto, dança e interpretação, seus colegas de curso e até grupos nas redes sociais. Toda forma de se inteirar do que acontece no meio é bem-vinda!

Por quê indicamos o curso Enfrentando Uma Audição?

Além de todos os motivos que já citamos, este curso tem outros diferenciais:

  • O Curso foi validado por grandes nome da cena artística de SP, como Zé Possi Neto, Alonso Barros, Floriano Nogueira, entre outros.
  • Hoje, é o único curso online que aborda estratégias, dança, técnica vocal, atuação, canto coral e controle emocional.
  • Oferece 20 videoaulas e 6 horas de conteúdo original.
  • Os alunos também participam de um grupo fechado no Instagram exclusivo com os professores, para compartilhar dicas, referências e interagir.
  • Plantão de Dúvidas: 1 live por mês exclusiva para alunos.
  • Entrevistas com pessoas de mercado, como diretores, atores e produtores para dúvidas e curiosidades.
  • Os alunos ainda ganham 20% de desconto nas aulas particulares com os professores (caso queiram se aprofundar ainda mais seus estudos).
  • Você pode parcelar o valor do curso em até 8x no cartão.
  • Comprando o curso pelos links afiliados que estão nessa página, você ainda ajuda o Mundo dos Musicais a continuar produzindo conteúdos como estes, já que toda a nossa equipe trabalha de forma voluntária e depende dessas parcerias para continuar funcionando.

Anotou as dicas? Agora é só estudar muuuito e dar o melhor de si! Conta pra gente aqui nos comentários qual musical você sonha em entrar para o elenco!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s