Les Mis Brasil – Tudo o que você precisa saber antes da estreia

Você já ouviu falar em Les Misérables?

Se você é fã de musicais, com certeza sim!

Este musical maravilhoso já esteve em cartaz aqui no Brasil em 2001, já virou filme de Hollywood e está prestes a reestrear no Teatro Renault!

Quer saber mais sobre esta nova montagem??

A gente te conta!

A história do musical

Inspirado no clássico de Victor Hugo, Les Misérables conta a saga de Jean Valjean. Após roubar um pedaço de pão para alimentar a irmã mais nova, ele fica 19 anos preso como um escravo da lei. Depois de conquistar a liberdade, ele tentará recomeçar sua vida e se redimir, ao mesmo tempo em que tenta fugir da perseguição do inspetor Javert.

A primeira versão

Há 16 anos, para reinaugurar o antigo Cine Teatro Paramount (que depois passou a se chamar Teatro Abril e atualmente, Teatro Renault) estreava o musical “Les Miserables”. No elenco, nomes que se tornaram grandes ícones do teatro musical brasileiro: Marcos Tumura, Saulo Vasconcelos, Alessandra Maestrini, Fred Silveira, Sara Sarres entre outros. A peça ficou em cartaz por quase 1 ano e deu início a uma nova era de grandes montagens por aqui.

Mas a montagem original de Les Mis (como é conhecido carinhosamente) é bem mais antiga que isso. Composto por Claude-Michel Schönberg, com libreto de Alain Boublil e letras de Herbert Kretzmer, a primeira versão estreou em 1980 em Paris, França. 5 anos depois, em 1985, foi a vez de Londres encenar uma nova montagem e se tornar o musical há mais tempo em cartaz no West End. Em 1987 Les Mis estreou na Broadway e ganhou 8 Tony Awards, além de colecionar mais dezenas de prêmios nas diversas montagens que teve por todo o mundo.

Les Mis é um dos musicais mais famosos do mundo e já foi visto por mais de 70 milhões de pessoas.

Muita gente, né?

A nova versão

Em 2012, o musical ganhou sua versão cinematográfica, com faturamento superior a 440 milhões de dólares pelo mundo e levando 3 Oscars, incluindo o de melhor atriz coadjuvante para Anne Hathaway por sua atuação como Fantine.

Em 2010, em comemoração aos 25 anos, Les Mis teve uma tour pela Inglaterra e Europa com uma nova versão do musical. Novos cenários, orquestração e figurinos marcaram muito essa nova montagem, que chegou à Broadway em 2014 e foi indicada a 3 Tonys.

E finalmente essa versão reformulada chega ao Brasil! Produzido pela T4F Musicais, a estréia está marcada para o próximo dia 10 de março no Teatro Renault.

Quais são as diferenças entre a versão original e a nova versão?

ee08f4b7-e5c0-4f19-a34e-e8a1961726c1.jpg

Além das diferenças estéticas, o palco original era giratório e isso fazia parte de diversos momentos do espetáculo, movimentando atores, objetos cênicos e trazendo maior impacto para algumas cenas. Nessa nova montagem, o palco não gira, porém conta com mais projeções e utiliza outros recursos para causar o mesmo impacto na plateia.

Os figurinos de alguns personagens sofreram mudanças, como por exemplo os da personagem Cosette:

07ae522c-5f6d-4b42-9edf-969c705e1c9d

E quem serão os responsáveis por nos contar essa história tão incrível?

Dá uma olhada no elenco da montagem brasileira:

Daniel Diges – Jean Valjean

Ator e cantor espanhol, Daniel integrou o elenco de grandes montagens de musicais da Broadway na Espanha, tais como “Mamma Mia” no papel de Sky, “We Will Rock You” como Galileo Figaro, “A Bela e a Fera” onde foi Gaston e de “Les Misérables”, interpretando Enjolras e sendo cover de Jean Valjean. Durante a tour do Les Mis em 2013 e 2014 pela Espanha, assumiu o papel principal.

Daniel também foi o queridíssimo Troy Bolton na versão espanhola de “High School Musical” e do musical “Hoy no me Puedo Levantar”, baseado na obra do grupo Mecano.

Carreira Fonográfica

Em maio de 2010 Daniel lançou seu primeiro álbum, o homônimo “Daniel Diges”, com composições próprias e adaptações de canções de Billy Joel, Michael Bublé e Robbie Williams. Dois anos depois, em janeiro de 2012 é lançado seu segundo álbum, “¿Dónde estabas tú en los setenta?”, repleto de versões de músicas dos anos 70. Em abril de 2014, seu terceiro álbum, “Quiero”, chega às lojas repleto de canções inéditas e muito pop.

Por fim, seu mais recente trabalho, “Calle Broadway”, lançado em novembro de 2015 com grandes hits da Broadway cantados em espanhol, como “Seasons Of Love”, de Rent, “Memory”, de Cats, “Maria”, de West Side Story, entre outros. Toda a sua discografia está disponível no Spotify.

Ufa, depois dessa não tem como não ficar ansioso para vê-lo como Jean Valjean no palco do Teatro Renault, não é mesmo?

Kacau Gomes – Fantine

A carioca que está desde 1994 em atividade, dublou e encantou muitos de nós com sua voz em Mulan, como Tiana em A Princesa e o Sapo, Calíope em Hércules e também nas animações Shrek 2 e O Rei Leão 2.

No teatro, começou com “Sinos da Candelária e integrou o elenco de Ridículo Amor. Logo depois vieram os musicais: Rocky Horror Show, Godspell, Tudo É Jazz, “Jekyll & Hyde – O Médico e o Monstro, Ópera do Malandro em Concerto, Beatles num Céu de Diamantes, Se Eu Fosse Você – O Musical, Rock In Rio – O Musical, Ou Tudo Ou Nada, Love Story, entre outros.

Nando Pradho – Javert

Fez parte de grandes montagens de musicais no Brasil, como “Miss Saigon” onde interpretou o soldado Chris, protagonizou Jekyll & Hyde: O Médico e o Monstro”, fez “A Bela e a Fera”, “Chicago”, “A Opera do Malandro” e “O Fantasma da Opera” dando vida a Raoul. Na televisão, participou da novela “Cúmplices de um Resgate” do SBT.

Clara Verdier – Cosette

Fez parte do elenco de “O Despertar da Primavera”, “A Noviça Rebelde”, “Barbaridade” e “As Bruxas de Eastwick”. No vídeo abaixo, dá pra ter uma noção do que esperar da Cosette dela, onde ela canta “A Heart Full of Love”:

Arrepiei!

Laura Lobo – Eponine

De volta ao Teatro Renault, Laura foi Little Cosette/Eponine na primeira montagem de Les Misérables em 2001, quando tinha 10 anos. Nesses anos, fez parte do elenco de “O Despertar da Primavera” como Marta, “Meu Amigo Charlie Brown” sendo Sally Brown e protagonizou “A Família Addams” dando vida a Wandinha.

Filipe Bragança – Marius

Com apenas 16 anos, recém completados, Filipe já integrou o elenco da mais recente versão da novela “Chiquititas” no SBT, interpretando Duda. Esse ano, foi possível conferir seu trabalho nos cinemas de todo o Brasil dando vida a Christian Figueiredo no filme “Eu Fico Loko”. No teatro, ele fez parte do elenco de “Meninos e Meninas”.

Pra conferir um pouquinho da sua voz, separamos esse vídeo de seu instagram:

Blue…🎼

A post shared by Filipe Bragança (@filipe_braganca) on

Pedro Caetano – Enjolras

Pedro é parte do grupo de atores brasileiros que já foram para fora integrar o elenco de montagens internacionais e, no caso dele, foi “O Rei Leão” que o levou para o México. Mas antes dos palcos mexicanos, Pedro fez parte dos elencos de “Hair”, “Priscilla” e da versão nacional de “O Rei Leão”, onde foi cover de Simba. No cinema, fez “O Diabo Mora Aqui” e “Léo e Bia”. Abaixo um vídeo do nosso Enjolras em “Hair”:

Ivan Parente – Thenardier

Fez parte do elenco da montagem original de Les Mis no Brasil em 2001 e desde então, pudemos ver Ivan nos palcos dos musicais brasileiros em muitas outras produções, como “Alô, Dolly”, “A Madrinha Embriagada” como O Homem da Poltrona, “O Homem de La Mancha” onde viveu o Padre e foi cover de Dom Quixote/Cervantes e mais recentemente esteve em “Os Dez Mandamentos – O Musical”. No vídeo abaixo, o número de abertura de “Mulheres a Beira de um Ataque de Nervos”, um dos trabalhos mais recentes de Ivan:

Andrezza Massei – Madame Thenardier

Assim como Laura Lobo e Ivan Parente, Andrezza foi do elenco da montagem original de Les Mis em 2001. Pudemos ve-la também nas duas montagens de “A Bela e a Fera”, “Cats”, “Mamma Mia”, “Priscilla”, “A Madrinha Embriagada”, “Mudança de Hábito”, como a divertidíssima Irmã Maria Patrícia, “We Will Rock You”, onde foi a grande vilã Killer Queen e mais recentemente em “Wicked”, integrando o ensemble e sendo cover de Madame Morrible. Abaixo, Andrezza dando vida a Rosie no Mamma Mia no palco do Teatro Renault:

O elenco de ensemble e swings de Les Mis também está MARAVILHOSO! Dá uma olhada nos trabalhos que essa galera já fez:

Ensemble Feminino:

Roberta Jafet – “A Família Addams” e “Wicked” (Ensemble e cover de Elphaba)

Camilla Marotti – “Nine”

Letícia Soares – “O Rei Leão”, “Mudança de Hábito” (Cover de Deloris) e “We Will Rock You” (Cover de Killer Queen)

Raquel Antunes – “Mudança de Hábito” e “Cinderella” (Charlotte)

Lara Suleiman – estreia seu primeiro trabalho profissional.

Cássia Raquel  – “Hair”, “New York, New York”, “Beatles Num Céu de Diamantes”, “S’Imbora, o Musical – A História de Wilson Simonal”, “Milton Nascimento – Nada Será Como Antes”, “Galinha Pintadinha em Ovo Novo” e “60! Década de Arromba – Doc Musical”

Laís Lenci  – “Nine”

Pâmela Rossini  – “Shrek – O Musical”

Ensemble Masculino:

Davi Barbosa – estreia seu primeiro trabalho profissional.

Jessé Scarpellini – “A Madrinha Embriagada”, “O Homem de La Mancha”, “Mulheres a Beira de um Ataque de Nervos” e “Wicked”

Lucas Cândido – “Dzi Croquettes”

Douglas Tholedo – “Mudança de Hábito” (Swing e Cover de Eddie, TJ e Pablo), “Meu Amigo Charlie Brown” (Swing) e “We Will Rock You”

Léo Wagner  – “My Fair Lady”, “West Side Story”, “Priscilla”, “Kiss Me Kate” e “Wicked” (Cover de Dr. Dillamond e Mágico de Oz)

Máx Grácio  – “O Rei Leão”, “Mudança de Hábito” (Joey), “Os Dez Mandamentos” e “Rent” (Collins)

Bruno Sigrist – “Julie e os Fantasmas”, “O Despertar da Primavera” (Moritz), “Se Eu Fosse Você – O Musical”, “Rock in Rio – O Musical”, “Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz”, “Mudança de Hábito” (Swing e Cover de Eddie e TJ), “Cinderella” (Jean Michel) e “Rent” (Cover de Mark)

Vitor Moresco – estreia seu primeiro trabalho profissional.

Henrique Moretzsohn – estreia seu primeiro trabalho profissional.

Rodrigo Negrini  – “Hairspray” (Cover de Link), “Gypsy”, “A Gaiola das Loucas”, “Cabaret”, “O Homem de La Mancha”, “Raia 30”, “Wicked” (Cover de Fiyero)

Gabriel Falcão  – “O Despertar da Primavera” e “Quase Normal”

Swings Femininos:

Luiza Lapa  – “Chacrinha – O Musical” e “Meninos e Meninas”

Vania Canto – “Fame”, “Chaplin – O Musical” e “Wicked” (Ensemble e Cover de Madame Morrible)

Swings Masculinos:

Thiago Lemmos – “Shrek – O Musical” e “Os Dez Mandamentos”

Diego Velloso  – “Uma Luz Cor de Luar”

Felipe Guadanucci – “High School Musical – O Desafio”, “Mamma Mia”, “Jesus Cristo Superstar”, “O Homem de La Mancha” e “We Will Rock You” (Cover de Galileo)

Além de todos esses nomes de peso, Les Mis também promete revelar grandes talentos mirins. Estes são os nomes do elenco infantil:

Cosette criança:

Ashley Bernardi, Isa Cavalcante e Luiza Nery.

Eponine criança:

Gabrielly Saiury, Sophia Lins e Taby Carvalho.

Gavroche criança:

Matheus Leandro, Nicolas Cruz e Lorenzo Tarantelli.

 Que elencão, né??

Essa nova montagem brasileira promete ser um sucesso!
Se você também não vê a hora de assistir, saiba que a estreia será no dia 10 de março, no Teatro Renault.

Os ingressos já estão à venda pelo Tickets For Fun e os preços vão de R$25  a R$330.

E você, qual a sua história com Les Mis?

Assistiu a primeira versão no Brasil em 2001? Assistiu ao filme? Assistiu fora do Brasil??

Conta pra gente aqui nos comentários!

5 comentários sobre “Les Mis Brasil – Tudo o que você precisa saber antes da estreia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s