“A Família Addams” retorna ao Teatro Renault em 2022

Após espantar e encantar o público do então Teatro Abril em 2012, os Addams retornam a São Paulo.

Dez anos após a primeira produção internacional do musical baseado na família mais horripilante dos quadrinhos (e também da TV e do cinema), os Addams retornam ao Brasil.

Com produção da T4F Entretenimento, responsável pela primeira produção brasileira, além de sucessos como “O Fantasma da Ópera”, “O Rei Leão”, “A Bela e a Fera” e “Wicked”, o musical retorna em 2022, nos palcos do Teatro Renault.

A primeira produção brasileira contou com Marisa Orth e Daniel Boaventura como Mortícia e Gomez Addams, além de Claudio Galvan como o Tio Fester e Inah de Carvalho como Vovó Addams, com Nicholas Torres, Gustavo Daneluz e Matheus Lustosa como Feioso. Já Wandinha ficou a cargo de Laura Lobo, enquanto Lucas Beineke era interpretado por Beto Sargentelli. Os pais de Lucas, Alice e Mal, foram interpretados por Paula Capovilla e Wellington Nogueira.

Por enquanto, o único nome confirmado no novo elenco é o de Marisa Orth, que, de acordo como Estadão, já está garantida para retornar ao papel de Mortícia Addams.

A produção garantiu a Claudio Galvan o prêmio Bibi Ferreira de Melhor Ator Coadjuvante, além do prêmio de Melhor Versão para Claudio Botelho. O musical foi indicado ainda nas categorias de Melhor Musical, Melhor Atriz (Marisa Orth), Melhor Ator (Daniel Boaventura) e Melhor Atriz Coadjuvante (Laura Lobo).

Após temporada entre março e dezembro de 2012 em São Paulo, o musical realizou uma incomum temporada no Rio de Janeiro, no Vivo Rio.

Inspirado nos quadrinhos de Charles Addams, “A Família Addams” tem músicas de Andrew Lippa, roteiro de Marshall Brickman e Rick Elice, direção de Phelim McDermott e Julian Crouch e coreografia de Sergio Trujillo. O espetáculo estreou na Broadway em 2010, com Nathan Lane e Bebe Neuwirth como Gomez e Morticia.

Apesar de ser recebido negativamente pela crítica, o musical foi um grandioso sucesso nos meses após sua estreia, muitas vezes sendo a terceira maior bilheteria da Broadway, atrás apenas de musicais consagrados como “O Rei Leão” e “Wicked”.

Apesar do sucesso inicial com o público, o musical foi retrabalhado e tanto sua turnê pelos Estados Unidos, iniciada em setembro de 2011, quanto a produção brasileira receberam versões revisadas do roteiro e das músicas – dessa vez, com grande aclamação crítica.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s