Conheça o elenco da nova versão de “O Despertar da Primavera”

A nova produção de Moeller & Botelho de “O Despertar da Primavera” já tem seu elenco definido. Dez anos após a estreia da primeira produção brasileira, o musical retorna aos palcos do Brasil.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Rafael Telles (“La Bamba – O Musical”) será Melchior e Tabatha Almeida (“Aladdin – O Musical Recife”) será Wendla, enquanto João Felipe Saldanha (“Pippin”) será Moritz e Maria Brasil (“Marias do Brasil”) será Ilse.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Thiago Franzé (“Fala Sério, Gente!”) será Hanschen, Bia Lomelino (“Hoje É Dia De Rock – o musical”) será Martha, Diego Martins (“A Era do Rock”) será Ernst. Giovanna Rangel (“Fala Sério, Gente!”) viverá Thea, enquanto Anna será interpretada por Carol Pita (“Merlin e Arthur, Um Sonho de Liberdade”), Georg por Leonardo Rocha (“Peter Pan – O Musical da Broadway”) e Gabriel Lara (“A Noviça Rebelde”) será Otto.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Daniele Thomaselli será Emma, Davi Pithon será Rupert e Gabi Camisotti (“Peter Pan – O Musical da Broadway”) será Mano. Sara Chaves (“Alice no País da Internet”) e Victor Leal (“Na Pele”) fecham o elenco, como Inga e Dieter.

As audições ocorreram durante a última semana de agosto, no Rio de Janeiro, onde a dupla produziu um curso de prática de montagem com o espetáculo. “Em 10 anos tudo mudou. Um jovem de 17 anos era completamente [diferente] dos de 17 de agora. E os temas abordados no Despertar nunca foram tão atuais, tão necessários, não só para a juventude, como para todos”, contou Charles Moeller, diretor da produção, ao site oficial da dupla. “É incrível como aconteceu um retrocesso e o quão necessário é combater o retrocesso com arte, e com o Despertar”

Com música de Duncan Sheik, roteiro e letras de Steven Sater, “O Despertar da Primavera” estreou na Broadway em 2006, estrelando Jonathan Groff e Lea Michele. A produção foi indicada a 11 Tony Awards, vencendo em oito categorias, incluindo Melhor Musical, Melhor Ator Coadjuvante em Musical (para John Gallagher, Jr) e Melhor Direção de um Musical. O musical se despediu da Broadway em janeiro de 2009, após 859 apresentações.

Em 2015, o musical retornou à Broadway em uma produção da Deaf West, estrelando atores surdos e com deficiência auditiva. Todos os atores interpretavam os personagens na Língua Americana de Sinais, com a voz de alguns personagens sendo realizadas por um segundo ator. A produção foi indicada a três Tony Awards, incluindo Melhor Revival de um Musical

No Brasil, o musical estreou em agosto de 2009, no Rio de Janeiro, com o diferencial de ter conseguido a primeira autorização para uma montagem fora dos padrões estabelecidos na Broadway. Com direção de Charles Moeller, versão brasileira e supervisão musical de Claudio Botelho, direção musical de Marcelo Castro e coreografia de Alonso Barros, a versão brasileira contava com Malu Rodrigues como Wendla, Pierre Baitelli como Melchior, Rodrigo Pandolfo como Moritz e Letícia Colin como Ilse, além de nomes como André Loddi, Bruno Sigrist (que assumiu o papel de Moritz na segunda temporada paulista), Eline Porto, Laura Lobo e Clara Verdier. Débora Olivieri e Carlos Gregório interpretaram os papéis adultos.

A nova produção brasileira ainda não tem data ou local anunciados para a estreia. Espera-se, no entanto, que o musical estreie primeiramente no Rio de Janeiro e depois seja transferido para São Paulo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s