Vídeo

As 15 melhores apresentações de musicais no Oscar

Hollywood está em festa! Mais uma vez, as maiores estrelas se reúnem para verem coroados os melhores filmes do ano anterior. Enquanto a premiação não começa, o Mundo dos Musicais separou as 15 melhores apresentações de musicais que já aconteceram no Oscar.

15 – Mean Green Mother From Outer Space, de “A Pequena Loja dos Horrores”
Indicado aos Oscars de Melhores Efeitos Visuais e de Melhor Canção Original, “A Pequena Loja dos Horrores” levou ao palco da premiação não apenas o cantor Levi Stubbs, dublador de Audrey II, mas também uma réplica da planta, que cantou a música em cima do palco. A vencedora daquele ano, no entanto, foi a canção “Take My Breath Away”, de “Top Gun”. Naquele ano, todos os indicados a Melhor Canção Original foram apresentados por Bernadette Peters.

14 – Hopelessly Devoted to You, de “Grease”
Em 1979, a cantora Olivia Newton-John apresentou a canção de “Grease” no palco do Oscar. A música foi a única indicação do filme ao prêmio, e acabou perdendo para a música “Last Dance”, de Donna Summer.

13 – Be Our Guest, de “A Bela e a Fera”
Uma das três indicações do filme ao Oscar de Melhor Música, a canção foi composta por Alan Menken e Howard Ashman e apresentada ao vivo por Jerry Orbach, dublador original de Lumière no filme, que também recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Trilha Sonora e foi o primeiro filme animado a ser indicado ao Oscar de Melhor Filme (desde então, apenas os filmes “Up: Altas Aventuras” e “Toy Story 3” receberam a mesma honra).

12 – I Move On, de “Chicago”
Tocada no filme durante os créditos, a canção foi apresentada pelas duas indicadas ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por “Chicago”: Catherine Zeta-Jones e Queen Latifah. Embora a música não tenha vencido o Oscar, “Chicago” saiu com os prêmios de Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino, Melhor Edição e Melhor Som.

 

11 – Tributo a Cole Porter, por Judy Garland
Em 1965, a atriz Judy Garland homenageou o compositor Cole Porter, de “Kiss Me, Kate” e “Anything Goes”, falecido no ano anterior, com um medley de suas canções mais famosas, como “Night and Day”, “You’re the Top”, “It’s De-Lovely” e “So In Love”.

10 – Learn to Be Lonely, de “O Fantasma da Ópera”
Em 2004, a versão cinematográfica do musical “O Fantasma da Ópera” ganhou as telas do mundo. Apesar de não ter sido bem recebido pelas críticas, o filme foi indicado aos Oscars de Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia e Melhor Canção Original para “Learn To Be Lonely”. Ainda que o filme não tenha recebido nenhuma estatueta, a apresentação de Beyoncé com o compositor Andrew Lloyd Webber foi um dos pontos altos da cerimônia.

9 – Over the Rainbow, de “O Mágico de Oz”
Embora o costume de apresentar ao vivo as músicas indicadas ao Oscar de Melhor Canção Original só tenha se iniciado em 1946, mais de cinco anos após “O Mágico de Oz” ter recebido a estatueta por “Over the Rainbow”, em 1990 a cantora Diana Ross levou a canção ao palco da premiação, em comemoração aos 50 anos do filme. Longe de se apresentar sozinha, no entanto, a cantora convidou a plateia para se juntar à homenagem, e do telão, Londres, Moscou, Buenos Aires, Sydney e Tóquio se uniram, fazendo com que o mundo inteiro entoasse a esperançosa canção de Dorothy.

8 – Homenagem ao filme “A Noviça Rebelde”, por Lady Gaga
Em 2015, a cantora Lady Gaga foi a responsável por homenagear os 50 anos de “A Noviça Rebelde”, um dos maiores filmes musicais. Gaga, que interpretou as canções “The Sound of Music”, “My Favorite Things”, “Edelweiss” e “Climb Ev’ry Mountain”, foi aplaudida em pé pela plateia e, visivelmente emocionada, recebeu Julie Andrews, que imortalizou Maria Von Trapp no cinema, no palco da premiação.

7 – Love You I Do, Listen e Patience, de “Dreamgirls”
Com o maior número de indicações em 2007, o filme “Dreamgirls” recebeu três indicações ao Oscar de Melhor Canção Original. Para representar as canções, Beyoncé, Jennifer Hudson, Anika Noni Rose e Keith Robinson subiram ao palco, interpretando as músicas de forma seguida. O Oscar, entretanto, foi para “I Need to Wake Up”, de “Uma Verdade Inconveniente”.

6 – Beauty and the Beast, de “A Bela e a Fera”
Vencedora do Oscar de Melhor Canção Original, a canção foi interpretada por Angela Lansbury, que dublou a sra. Potts e por Céline Dion e Peabo Bryson, que interpretam a versão dos créditos da música. O filme também venceu a categoria de Melhor Trilha Sonora.

5 – All That Jazz, de “Chicago”
Em 2013, para celebrar o lançamento do filme de “Les Misérables”, a Academia convidou vencedora do Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por “Chicago”, Catherine Zeta-Jones, para interpretar a canção “All That Jazz”. Mesmo dez anos após ter interpretado Velma Kelly, Catherine Zeta-Jones provou novamente ter sido a escolha perfeita para o papel.

4 – Suddenly e One Day More, de “Les Misérables”
Além de sua estreia ter sido motivo de comemoração no Oscar 2013, “Les Misérables” foi indicado a oito prêmios, incluindo Melhor Filme, Melhor Ator para Hugh Jackman e Melhor Canção Original, por “Suddenly”, cantada por Jean Valjean. Após a apresentação de Hugh Jackman, todo o elenco também subiu ao palco com uma versão especial de “One Day More”, modificada para que Anne Hathaway, que venceu o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante como Fantine, participasse da apresentação.

3 – And I Am Telling You I Am Not Going, de “Dreamgirls”
Em 2013, a atriz Jennifer Hudson voltou ao palco do Dolby Theatre, também como parte da celebração aos musicais promovida pela ocasião do lançamento de “Les Misérables”. A atriz, que recebeu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por sua atuação como Effie White, cantou o hino máximo da personagem e foi aplaudida de pé pela plateia. Sem nenhuma dúvida, ela não precisa insistir pelo nosso amor.

2 – That’s How You Know, de “Encantada”
Com um toque moderno aos clichês dos contos de fadas e homenagens aos clássicos do estúdio, a trilha sonora de “Encantada”, composta por Alan Menken, recebeu três indicações ao Oscar de Melhor Canção Original, pelas músicas “Happy Working Song”, “So Close” e “That’s How You Know”. Uma vez que a atriz Amy Adams, que não se considerava uma cantora, já se apresentaria com “Happy Working Song”, o estúdio convidou a atriz Kristin Chenoweth para uma grande apresentação de “That’s How You Know”. As três canções, entretanto, acabaram perdendo para “Falling Slowly”, do filme “Once”.

1 – The Musical is Back
Em 2009, Hugh Jackman foi o apresentador do Oscar. O ator, que já interpretou Gaston em “A Bela e a Fera”, Joe Gillis em “Sunset Boulevard” e recebeu o Tony de Melhor Ator por ter interpretado Peter Allen no musical “The Boy From Oz”, iniciou um dos segmentos da apresentação anunciando a chegada de mudanças – “algo que nunca pensamos que veríamos na nossa vida: “Mamma Mia!” vendeu mais ingressos do que “Titanic” na Inglaterra!”. Com canções de “Top Hat” e “Cantando na Chuva”, o apresentador recebeu Beyoncé no palco, entoando sucessos de “Sweet Charity”, “West Side Story”, “Grease”, “A Noviça Rebelde”, “Chicago”, “Moulin Rouge!”, “Dreamgirls”, “Jesus Cristo Superstar”, “Orchestra Wives”, “Evita” e “O Mágico de Oz”. A apresentação contou ainda com a participação de Amanda Seyfried, Dominic Cooper, Vanessa Hudgens e Zac Efron representando os elencos de “Mamma Mia!” e “High School Musical 3: Ano de Formatura”, que estrearam em 2008.

Foto: Michael Yada / ©A.M.P.A.S.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s