Apresentação ao vivo de “Hair” é cancelada pela NBC

A apresentação ao vivo do musical “Hair” que aconteceria em maio foi cancelada pela emissora americana.

O especial seria exibido em 19 de maio pela emissora, competindo com grandes eventos como último episódio de “Game of Thrones” e a final de temporada de “American Idol”. A direção seria de Diane Paulus, que dirigiu a produção de 2009 na Broadway, com direção para a TV de Alex Rudzinski (das versões ao vivo de “Rent”, “Hairspray”, “Grease” e “Jesus Cristo Superstar”).

Os co-presidentes da NBC Entertainment, Paul Telegdy e George Cheeks, disseram que musicais ao vivo são parte da emissora, mas que por serem grandes produções, são necessários musicais que sejam interessantes para uma grande parcela da população. “Estamos comprometidos a continuar essa tradição com o espetáculo certo no momento certo”, reafirmaram, ao mesmo tempo em que comentaram que já estão no processo de aquisição de novos títulos para futuras produções.

De acordo com a Variety, revista especializada em entretenimento, uma fonte interna confirmou que a emissora não pretende abandonar os musicais ao vivo, mas que as exibições não serão feitas de forma tão regular como no passado.

Com o cancelamento de “Hair Live!”, a NBC fica sem nenhum projeto ao vivo anunciado. Embora uma produção ao vivo de “Bye Bye Birdie!” tenha sido anunciada com Jennifer Lopez, o projeto foi adiado indefinidamente em março de 2018, sem anúncios realizados desde então. A versão ao vivo da peça “A Few Good Man”, que contaria com o ator Alec Baldwin, também foi adiada indefinidamente, e o ator se retirou do projeto.

+ Versão ao vivo de “Bye Bye Birdie” é adiada novamente

“Hair” estreou na Broadway em 1968, levando aos palcos o movimento hippie e o movimento anti-alistamento que surgiu nos EUA durante a Guerra do Vietnã. Alvo de controvérsia pelo uso de palavras de baixo calão, retratação do uso de drogas ilegais, sexualidade abertamente explorada, irreverência com a bandeira dos Estados Unidos e a famosa cena de nudez, o musical foi um sucesso estrondoso, com a gravação do elenco original vendendo mais de 3 milhões de cópias.

Em 1979, o musical ganhou uma adaptação cinematográfica. Embora bem recebida pelo público, os criadores do musical detestaram o filme, alegando que além de algumas músicas, os nomes dos personagens e o mesmo título, uma versão cinematógrafica de “Hair” ainda não foi produzida.

A mais recente produção brasileira aconteceu em 2017, a cargo da Cena em Sol Produções. Com direção de Rafael Pucca, direção musical de Thiago Perticarrari e versões de Giulia Nadruz, o musical fez temporada no Teatro Cia. de Revista.

Foto: Joan Marcus/Divulgação

Um comentário sobre “Apresentação ao vivo de “Hair” é cancelada pela NBC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s