Confira os vencedores do Prêmio Reverência 2018

“Elza” e “Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte” foram os maiores vencedores da noite.

Na noite de 13 de novembro foi realizada a cerimônia do Prêmio Reverência, que homenageia os melhores espetáculos de teatro musical da temporada paulistana e carioca de 2017/2018.

Comandada por Tiago Abravanel, a premiação realizada no Teatro Alfa consagrou “Elza” como Melhor Espetáculo. O musical, que homenageia a vida e carreira de Elza Soares, levou ainda os troféus de Melhor Direção (Duda Maia), Melhor Autor (Vinicius Calderoni) e Categoria Especial (Letieres Leite, pelos arranjos). Outro grande vencedor da noite foi “Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte”. O espetáculo também recebeu quatro prêmios: Melhor Cenário (Daniela Thomas), Design de Som (Carlos Esteves), Iluminação (Monique Gardenberg e Adriana Ortiz) e Figurino (João Pimenta).

Amanda Acosta, por seu trabalho como Bibi Ferreira em “Bibi – Uma Vida em Musical“, recebeu o prêmio de Melhor Atriz, enquanto o prêmio de Melhor Ator foi para Mateus Ribeiro, por “Peter Pan, O musical da Broadway“. Já “Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812“, produção do Núcleo Experimental foi consagrado como o Melhor Espetáculo, de acordo com o Voto Popular.

Este ano o Prêmio Reverência homenageou Bibi Ferreira com um número musical que reuniu Amanda Acosta, Totia Meireles, Carol Costa, Alessandra Verney, Fabi Bang, Kiara Sasso, Viviane Franco e Carol Duarte. Cada uma cantou uma canção emblemática do repertório de Bibi e todas cantaram juntas, no final, Sonho Impossível, um dos hits do musical O Homem de La Mancha, que Bibi estrelou ao lado de Paulo Autran, em 1972. Claudia Raia também participou da homenagem com um texto falando sobre a importância de Bibi e de sua carreira no Teatro Musical Brasileiro.

A noite encerrou com uma apresentação de “Não Vamos Parar” (You Can’t Stop The Beat), do musical Hairspray, cantada por Tiago Abravanel, Karin Hills, Aline Wirley e Glória Groove.

 

Confira os vencedores!

 

Melhor Ator Coadjuvante

André Dias por ‘Se meu apartamento falasse’

Claudio Galvan por ‘Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte’

Edgar Bustamante por ‘Os Produtores’

Fred Silveira por ‘O Fantasma da Ópera’

Patrick Amstalden por ‘Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812’

Tiago Abravanel por ‘A Pequena Sereia’

 

Melhor Atriz Coadjuvante

Andrezza Massei por ‘A Pequena Sereia’

Claudia Raia por ‘Cantando na Chuva’

Carol Bezerra por ‘Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812’

Cristiana Pompeo por ‘Pippin’

Nicette Bruno por ‘Pippin’

Stella Maria Rodrigues por ‘Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte’

 

Melhor Autor

Leandro Muniz por ‘A Vida não é um musical’

Luanna Guimarães e Artur Xexéo por “Bibi, uma vida em musical’

Miguel Falabella por ‘O Som e a Sílaba’

Vinicius Calderoni por ‘Elza’

Vitor Rocha por ‘Cargas d’Água’

 

Melhor Coreografia

Alonso Barros por ‘Pippin’

Alonso Barros por ‘Peter Pan, O musical da Broadway’

Duda Maia por ‘Elza’

Gabriel Malo por ‘Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812’

Kátia Barros e Chris Matallo por ‘Cantando na Chuva’

 

Melhor Cenário

Bruno Anselmo por ‘Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812’

Daniela Thomas por ‘Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte’

Josh Zangen por por ‘Cantando na Chuva’

Renato Theobaldo e Roberto Rolnik por ‘Peter Pan, O musical da Broadway’

Rogério Falcão por ‘Pippin’

 

Melhor Figurino

Fabio Namatame por ‘Cantando na Chuva’

João Pimenta por ‘Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte’

Ligia Rocha e Marco Pacheco por ‘Hebe, O Musical’

Ney Madeira e Dani Vidal por ‘Bibi, uma vida em musical’

Thanara Schonardie por ‘Peter Pan, O musical da Broadway’

 

Melhor Design de som

Carlos Esteves por ‘Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte

Gabriel D’Angelo por ‘Elza’

Gabriel D’Angelo por ‘Peter Pan, O musical da Broadway’

Marcelo Claret por ‘Pippin’

Tocko Michelazo por ‘Cantando na Chuva’

 

Melhor Direção Musical

Apollo Nove por ‘Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte’

Carlos Bauzys por ‘Cantando na Chuva’

Fernanda Maia por ‘Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812’

Pedro Luís por ‘Elza’

Tony Lucchesi por ‘Bibi, uma vida em musical’

 

Categoria Especial

Anderson Bueno pelo Visagismo de ‘Hebe, O Musical’

Bianca Tadini e Luciano Andrey pelas versões de ‘Peter Pan, O musical da Broadway’

Claudio Botelho pelas versões de ‘Pippin’

Miguel Briamonte pelos Arranjos e Composições Originais de ‘2 Filhos de Francisco’

Mariana Elisabetsky e Victor Mühlethaler pelas versões de ‘Cantando na Chuva’

Jules Vandystadt pela Direção Vocal de ‘Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte’

Letieres Leite pelos arranjos de “Elza’

Projeto de Acessibilidade e Inclusão: 2 cegos na banda original + libras e audiodescrição em toda temporada, de ‘Dançando no Escuro’

Thereza Tinoco pelas composições originais de ‘Bibi, uma vida em musical’

Tauã Delmiro, Caio Scot, Junio Duarte, Carol Berres e Luisa Vianna pelas versões de texto e música de ‘Nome do Espetáculo’

 

Melhor Iluminação

Cory Pattak por ‘Cantando na Chuva’

Fran Barros por ‘Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812’

Monique Gardenberg e Adriana Ortiz por ‘Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte’

Renato Machado por ‘Elza’

Rogério Wiltgen por ‘Pippin’

Wagner Freire e José posse Neto por ‘Peter Pan, O musical da Broadway’

 

Voto popular

Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812

 

Melhor Ensemble

Cantando na Chuva

Bibi, uma vida em musical

Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812

Peter Pan, O musical da Broadway

Romeu e Juleta ao som de Marisa Monte

 

Melhor Direção

Duda Maia por ‘Elza’

Dani Barros por ‘Dançando no Escuro’

José Possi Neto por ‘Peter Pan, O musical da Broadway’

Miguel Falabella por ‘Hebe, O Musical’

Tadeu Aguiar por ‘Bibi, uma vida em musical’

Zé Henrique de Paula por ‘Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812’

 

Melhor Ator

Chris Penna por ‘Bibi, uma vida em Musical’

Gabriel Leone por ‘Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812’

Jarbas Homem de Mello por ‘Cantando na Chuva’

Marcelo Médici por ‘Se meu apartamento falasse’

Mateus Ribeiro por ‘Peter Pan, O musical da Broadway’

 

Melhor Atriz

Amanda Acosta por “Bibi, uma vida em musical’

Alessandra Maestrini por ‘O Som e a Sílaba’

Débora Reis por ‘Hebe, O Musical’

Larissa Luz por ‘Elza’

Totia Meireles por ‘Pippin’

 

Melhor Espetáculo

Bibi, uma vida em musical

Cantando na Chuva

Elza

Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812

Pippin

Peter Pan, O musical da Broadway

O Fantasma da Ópera

Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte


Foto de capa: Caio Gallucci

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s