Holly Wood Actors

O diretor de fama instantânea de competência duvidosa orienta assistente de direção estudiosa na montagem da peça de quatro atos Holly Wood Actors. No primeiro ato, o diretor faz teste de elenco com “cinco” atores (dois homens e uma mulher) que se inscreveram para a audição. Os dois primeiros candidatos são reprovados no primeiro teste, mas, disfarçados, refazem a audição e conseguem aprovação. A atriz consegue o papel por meio de seu charme e de bajulação ao diretor. A assistente de direção fica atônita com a qualidade duvidosa dos atores selecionados. No segundo ato, o diretor promove um e único ensaio da peça Carmensita que terá estreia em uma semana. Além de apresentar uma técnica de atuação teatral concebida por ele, que a chama de “ator pêndulo”, o diretor concentra ênfase nas performances físicas. A peça ensaiada trata da disputa de dois homens (um toureiro e um boêmio) pelo amor de uma mulher livre e sedutora (Carmensita) baseada na ópera Carmem de Bizet e no filme de igual nome de Carlos Saura. O terceiro ato é a apresentação da primeira parte da peça Carmensita de acordo com a concepção das técnicas do diretor. O quarto ato é o ponto alto do espetáculo, que é uma coreografia de flamenco que os atores se viraram para aprender através de um vídeo. Com Elisa Romero, Gabriel Monteiro e Hermano Leitão, Luana Martins e Pedro Lemos. Continuar lendo