Com Laila Garin, musical inspirado em “A Hora da Estrela”, de Clarice Lispector, será transmitido ao vivo

Após ter sua temporada de estreia interrompida pela pandemia do novo coronavírus, o espetáculo estrelado por Laila Garin será transmitido ao vivo através de canais a cabo e pela internet.

Inspirado no livro final de Clarice Lispector, o musical “A Hora da Estrela ou O Canto de Macabéa” estreou em março de 2020 no Rio de Janeiro, mas teve sua temporada interrompida pela pandemia. Como forma de celebrar o centenário da escritora, a produção do espetáculo realizará uma transmissão ao vivo no dia 20 de dezembro, às 19h, diretamente do Teatro 1 do Centro Cultural Banco do Brasil.

A transmissão poderá ser acompanhada através do canal do YouTube da Sarau Agência, produtora do espetáculo, ou através do canal Arte 1, disponível na Sky (canal 81), Net (Canal 553), Oi TV (canal 31), Claro (canal 553), GVT (canal 84) e Vivo (Canal 102), além de ter o app disponível nas principais lojas de aplicativos para celular.

Foto: Sarau Agência/Divulgação

“A Hora da Estrela” foi o último livro escrito por Clarice Lispector, que faleceu pouco tempo após o seu lançamento. Suas páginas narram a saga de Macabéa, imigrante nordestina cuja vida no Rio de Janeiro é marcada pela ausência de afeto e poesia. Vista pela sociedade como uma mulher desprovida de qualquer atrativo, ela se contenta com uma existência medíocre: ganha menos do que um salário, divide um quarto com quatro pessoas, sofre com um chefe rigoroso e não atrai a atenção de ninguém.

“O trabalho de adaptação não é de reescrever o texto. É o trabalho de transportar o universo sem estar aprisionado a qualquer palavra, através da edição e deslocamentos de episódios”, contou André Paes Leme, que dirigiu e adaptou o romance para os palcos. “Houve também a recondução dos textos do escritor para a atriz”.

Na adaptação teatral, o escritor que narra o livro se transforma na Atriz, que interpreta a saga de Macabéa e leva Laila Garin a alternar entre os papéis, fazendo seus próprios comentários e questionamentos ao longo da encenação. “Estar em cena também como a Atriz é uma afirmação deste ato poético e político que é o teatro. É um grito de indignação com muita poesia, lutando com as armas que temos“, afirmou Laila. “Além de tudo, é uma peça sobre esperança”.

Com o prosseguimento da pandemia, no entanto, a produção segue rigorosos procedimentos para garantir a segurança de todos os profissionais envolvidos. Toda a companhia realizou uma quarentena e realizaram testes para COVID-19 antes do início dos ensaios.

Totalmente original, “A Hora da Estrela ou O Canto de Macabéa” foi dirigido e adaptado por André Paes Leme (“A Hora e Vez de Augusto Matraga”), com canções de Chico César (‘Suassuna – O Auto do Reino do Sol”), direção musical e arranjos de Marcelo Caldi. Além de Laila Garin no papel principal, Claudia Ventura e Claudio Gabriel também fazem parte do elenco.

A produção conta ainda com figurinos de Kika Lopes (indicada ao Prêmio Bibi Ferreira por “O Auto do Reino do Sol – Suassuna”), cenário de André Cortez (“Meu Destino é Ser Star”), iluminação de Renato Machado (“Meu Destino é Ser Star”) e design de som de Gabriel D’Angelo (vencedor do Prêmio Bibi Ferreira por “Annie”). A transmissão ao vivo tem direção de Diego de Godoy.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s